Redução do ICMS calçadista é pauta na abertura da Couromoda

13.01.2020 - Redação Jornal Exclusivo

Foto: Nelson Batista Zimmer/GES-Especial
Presidente e fundador da Couromoda, Francisco Santos, na cerimônia de abertura da feira calçadista
Começou nesta segunda-feira, 13 de janeiro, a 47ª edição da Couromoda – Feira Internacional de Calçados, Artefatos de Couro e Acessórios de Moda, no Expo Center Norte, em São Paulo/SP. A mostra calçadista dá a abertura ao calendário de feiras e eventos no País, com a presença de 2 mil coleções de fabricantes, que representam 90% da produção brasileira de calçados e acessórios. E na abertura oficial do evento, a redução da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nos Estados de São Paulo e no Rio Grande do Sul no setor calçadista, foi tema central dos discursos (a alíquota paulista será de 3,5% e no RS de 4%, após decretos publicados nos respectivos Estados no final do ano).

Em seu discurso, o presidente e fundador da Couromoda, Francisco Santos, trouxe o otimismo econômico para 2020, com a aprovação de reformas que garantam mais emprego e maior crescimento ao setor, além de lembrar das reduções do imposto em São Paulo e no Rio Grande do Sul. "São polos que têm uma tradição centenária em fazer calçados, e receberam uma atenção que o setor não tinha há décadas", destacou. O presidente do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), que também preside o Sindicato da Indústria de Calçados de Jaú (Sindicalçados Jaú), Caetano Bianco Neto também lembrou da decisão recente do governo paulista. O Sindicato foi um dos atuantes para que SP reduzisse a alíquota do imposto. "Realizamos um grande projeto de desenvolvimento da cadeia produtiva de calçados, ao qual chamamos de Projeto Polo de Desenvolvimento Econômico do Couro e Calçado do Estado de São Paulo. Esse projeto, que teve início no dia 24 de abril de 2019, é resultado de um profundo estudo sobre todas as dificuldades da indústria calçadista paulista, para promover um debate e trazendo soluções ao setor calçadista junto ao governo do Estado de São Paulo", explicou. 

Entre as autoridades políticas presentes na cerimônia, estavam os governadores dos Estados do Rio Grande do Sul e de São Paulo. O chefe do executivo gaúcho, Eduardo Leite, saudou os empreendedores do setor, e destacou o poder produtivo calçadista no RS, estado líder nas exportações de calçados em 2019, levando ao exterior 30,9 milhões de pares, segundo dados da Abicalçados. "Esse setor gera empregos de forma intensiva. É uma característica deste setor, e por isso que merecemos dar este olhar especial." Já o governador João Doria reforçou também a parceria que São Paulo tem com o Rio Grande do Sul para fortalecer ao setor. "Todos têm que ajudar, todos têm que colaborar e todos têm uma cota de sacrifícios," frisa. O deputado federal e presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Setor Coureiro-Calçadista, Lucas Redecker, parabenizou os governadores por ambos desempenharem um trabalho de parceria com a indústria de calçados. "É um setor que emprega, com mão de obra que nos dá condição de mudar segmentos, regiões e municípios rapidamente, e (os governadores) atenderam a necessidade e importância de que nós temos hoje em ter mais benefícios para o setor calçadista."

VÍDEO

+ VEJA MAIS

AGENDA

+ VEJA MAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cadastre seu e-mail para receber as novidades do Exclusivo.