Feiras

Polos calçadistas de SP marcam presença na 2ª BFSHOW

Publicado em: 22/05/2024 21:30
Última atualização: 24/05/2024 11:37

Os polos calçadistas de São Paulo (Birigui, Franca e Jaú) marcam presença na 2ª edição da BFSHOW, no Transamerica Expo Center, em São Paulo/SP. Etiquetas das três regiões produtivas participam da feira calçadista, que segue até esta quinta-feira (23), por meio de projetos coletivos ou de estandes individuais.

Integrante do conselho fiscal do Sindicato da Indústria de Calçados de Franca (Sindifranca) e diretor da Pg4 Calçados, Giuliano Spineli Gera, comemora os resultados da 2ª BFSHOW. "Parece que é uma nova feira. Um evento muito positivo e interessante."

A participação do mercado externo na BFSHOW — com quase 100 grupos internacionais de 31 países —, é destacada pelo empresário francano. Sobretudo, ele observa a "forte presença" de importadores da Argentina (segundo principal mercado para o calçado brasileiro no exterior, tendo importado 3 milhões de pares no primeiro quadrimestre de 2024). "Fazia décadas que eu não via argentinos dentro dos nossos estandes prospectando negócios. Digamos que o eixo mudou, principalmente a engrenagem econômica. É um novo ambiente de negócios, apesar da grave crise que o país vizinho atravessa", aponta.

Newsletter: Cadastre seu e-mail para receber as novidades do Exclusivo

Polos exportadores

Ao mesmo tempo, o dirigente do Sindifranca, que esteve na coletiva de imprensa da BFSHOW, agradeceu o suporte da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil). "É brilhante a atuação de vocês, na promoção, na internacionalização das nossas marcas. Vocês não têm noção do tanto que é importante para a indústria calçadista exportar. Isso nos equilibra, nos profissionaliza e nos traz tecnologia", comenta Giuliano.

Além disso, o empresário sustenta que a exportação e a internacionalização "por via de regra, melhoram qualquer parque industrial, nos elevam de patamar e nos desafiam diariamente".

O gestor também comenta sobre as iniciativas do polo de Franca no auxílio às vítimas da catástrofe climática no Rio Grande do Sul. "Fique admirado com o movimento que Franca fez: carretas e carretas, gente que nunca se envolvia, se envolveu. Gente preocupada. Esse é o verdadeiro Brasil que a gente tem. Que caminha para um lado só. Não o Brasil da polarização", completa.

Polo de Birigui

Maria Mestriner Colli, CEO da Nação Pampili (Birigui/SP), fabricante detentora das marcas Pampili, Pampili Mini e Tweenie Pampili — cada uma focada em determinada fase do universo infantil feminino —, também destaca os resultados obtidos na 2ª BFSHOW. "A feira está excelente. Reencontrei clientes que não via há tempos. Do mesmo modo, posso dizer que a BFSHOW é efetivamente uma feira de negócios", pontua.

Além disso, como diferencial de mercado do polo de Birigui, Maria cita o Selo de Indicação de Procedência do Calçado Infantil — em março de 2023, o Instituto Nacional de Propriedade Industrial reconheceu a Indicação Geográfica do Calçado Infantil de Birigui, na espécie Indicação de Procedência, o IP. "Para nós é um orgulho enorme representarmos o Brasil, sobretudo como um polo de calçado infantil", sinaliza.

Também presente na coletiva de imprensa BFSHOW, ao mesmo tempo, a CEO da Nação Pampili comenta das ações solidárias do polo de Birigui em prol das vítimas da catástrofe climática no Rio Grande do Sul. "Foi um movimento incrível, nunca antes visto em Birigui. Uma ação humanitária que envolveu a comunidade, não só as empresas, que se mobilizaram para auxiliar os gaúchos", disse. Ela acrescenta que, nos últimos dias, em média, quatro carretas carregadas com alimentos, roupas, colchões e água, estavam saindo diariamente da cidade paulista rumo ao estado gaúcho.

Siga o Exclusivo no Instagram

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Categorias Feiras
Matérias Relacionadas