Bottero recicla cerca de 60 toneladas por mês

10.12.2019 - Redação Jornal Exclusivo

Foto: Rodrigo Fanti/Divulgação
Resíduos da empresa são transformados em palmilhas
A Bottero (Parobé/RS) aprofundou seus processos sustentáveis nas 14 plantas industriais da empresa, todas no Rio Grande do Sul. Por conta de um conjunto de ações elaboradas pela fabricante, hoje, em média, são recicladas 60 toneladas de resíduos, que anteriormente virariam lixo. Deste total, a organização está próxima de atingir os 100% de reaproveitamento, em um processo que abrange todo  o parque fabril, do refeitório até a fabricação do calçado.

Para garantir o reaproveitamento, a empresa realizou parcerias com outras companhias. Com a Ambiente Verde (Taquara/RS), os resíduos da Bottero se transformam em palmilhas sustentáveis. Desde que se tornaram parceiras, há quatro meses, já foram recicladas 8 toneladas de resíduos, dos quais foram gerados 7,6 mil metros quadrados do novo componente. "Somente este ano, por exemplo, já economizamos mais de 3 mil metros de couro, devido ao novo sistema de corte e treinamento dos colaboradores", destaca o diretor industrial, Luiz André Simon.

Outra parte dos resíduos da companhia, cerca de 46 toneladas mensais, é transformada em combustível, viabilizado pela Fundação Proamb, que encaminha o novo produto para ser utilizado nos fornos de cimento. Outras 12 toneladas de resíduos de couro se transformam em fertilizantes, em parceria que completou dois anos em novembro. "São ações fortes, de consciência social e produtiva, já institucionalizadas na empresa, e que repercutem junto ao meio ambiente e em favor do conjunto da sociedade", completa o responsável pela imagem institucional da companhia, Luiz Roberto Bianchi.

VÍDEO

+ VEJA MAIS

AGENDA

+ VEJA MAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cadastre seu e-mail para receber as novidades do Exclusivo.

Seu email foi cadastrado com sucesso.