Empresas donas de Arezzo e Farm avaliam possível fusão

31.01.2024 - Michel Pozzebon

A Arezzo&Co (Campo Bom/RS), "maior house of brands" de moda do Brasil e dona de marcas de calçados como Schutz e Arezzo, e o Grupo Soma (Rio de Janeiro/RJ), detentor da Hering e das grifes Farm, Rosa Chá e Animale, confirmaram nesta quarta-feira, 31, que estão em tratativas para uma eventual fusão de suas bases acionárias, que resultará em negócio com governança compartilhada. Contudo, as companhias informam que, até o momento, ainda não alcançaram um acordo vinculante — aquele que confere direitos e obrigações executáveis às partes como se fosse na forma de contrato —, sobre a realização da possível operação ou qualquer garantia de sua implementação.

Em abril de 2021, a Arezzo&Co e o Grupo Soma chegaram a disputar a compra da Hering. Na oportunidade, a companhia carioca acabou adquirindo a marca catarinense de vestuário pelo equivalente a R$ 5,1 bilhões.

Foto: Arquivo/GES.
Arquivo/GES
Lucro da Arezzo&Co ultrapassou os R$ 100 milhões no terceiro trimestre de 2023

Negócio compartilhado

Em comunicado de fato relevante assinado por seu vice-presidente corporativo, financeiro e de relações com investidores, Rafael Sachete da Silva, a Arezzo&Co informa que "está em entendimentos com o Grupo Soma em que ambos avaliam uma possível associação que poderá envolver a unificação das bases acionárias em uma única companhia com governança compartilhada".

No documento, a Arezzo&Co informa ainda que a "companhia com governança compartilhada terá Alexandre Café Birman (CEO da Arezzo&Co) como CEO e Roberto Luiz Jatahy Gonçalves (CEO do Grupo Soma) como CEO da business unit de vestuário" caso as empresas avancem para um acordo definitivo.

Também por meio de comunicado de fato relevante, o Grupo Soma confirma que "há conversas em andamento com a Arezzo&Co e seus acionistas de referência a respeito de possível associação mediante a junção de suas operações e bases acionárias, envolvendo as ações das respectivas companhias e a governança compartilhada do negócio combinado".

No documento assinado pelo diretor financeiro e de relações com investidores do Grupo Soma, Gabriel Silva Lobo Leite, a empresa também confirma no "negócio combinado" a permanência de Roberto Jatahy no comando das marcas sob gestão do Grupo Soma e de Alexandre Birman como CEO.

Recentes resultados financeiros

A Arezzo&Co registrou alta de 4,2% no lucro líquido recorrente do terceiro trimestre de 2023, em comparação com o mesmo período de 2022. A cifra ficou em R$ 107,1 milhões, comparados aos R$ 102,8 milhões do ano retrasado.

O Grupo Soma encerrou o terceiro trimestre de 2023 com lucro líquido de R$ 98,8 milhões, o que representa uma queda de 3,2% em relação com igual período de 2022.

Matérias relacionadas

VíDEO

+ VEJA MAIS

AGENDA

+ VEJA MAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cadastre seu e-mail para receber as novidades do Exclusivo.

Seu email foi cadastrado com sucesso.