Por US$ 8,5 bilhões, empresa compra marcas Versace, Michael Kors e Jimmy Choo

14.08.2023 - Michel Pozzebon

A holding americana de moda de luxo Tapestry, controladora de grifes como Coach e Kate Spade, fechou, no dia 10 de agosto, a compra da nova-iorquina Capri Holdings – que tem em seu portóflio as marcas Versace, Michael Kors e Jimmy Choo –, pagando US$ 8,5 bilhões em dinheiro. A transação deve ser concluída em 2024, conforme aprovação dos órgãos reguladores e acionistas da Capri.

O negócio reúne seis grifes: Coach, Kate Spade, Stuart Weitzman (Tapestry), Versace, Jimmy Choo e Michael Kors (Capri). Juntas, as marcas terão o tamanho e escala ideal para alcançar mais compradores ao redor do mundo, segundo a CEO da Tapestry, Joanne Crevoiserat.

“A operação une seis marcas icônicas que têm presença em mais de 75 países e movimentam mais de US$ 12 bilhões anualmente”, frisa Crevoiserat.

Foto: Versace/Divulgação.
Versace/Divulgação
Operação une seis marcas que movimentam mais de US$ 12 bilhões anualmente

Novo gigante do luxo

A fusão dará origem a um gigante americano do luxo com escala e presença internacional para competir com os maiores grupos europeus, embora ainda distante das líderes de mercado, a LVMH e a Kering, dona da Gucci e que recentemente pagou 1,7 bilhão de euros por 30% da Valentino.

A Tapestry será a quarta maior empresa de luxo do mundo, com um market share ao redor de 5%, empatada com a Hermès e ficando atrás de LVMH, Kering e Chanel.

Matérias relacionadas

VíDEO

+ VEJA MAIS

AGENDA

+ VEJA MAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cadastre seu e-mail para receber as novidades do Exclusivo.

Seu email foi cadastrado com sucesso.