Grife nova-iorquina de calçados de luxo inaugura fábrica no Rio Grande do Sul

02.05.2023 - Michel Pozzebon

A Larroudé, marca nova-iorquina de calçados femininos e bolsas de alto padrão, inaugurou fábrica em Sapiranga/RS no dia 27 de abril. Com investimento de R$ 3 milhões, a primeira unidade produtiva própria da grife, criada pelo casal de brasileiros Marina e Ricardo Larroudé em 2020, terá capacidade inicial de produzir até 30 mil pares ao ano.

"Nossa ideia é de que esta fábrica responda por, pelo menos, um terço da nossa produção anual. Em média, de 20% a 33% da produção total ficará concentrada na nossa fábrica própria. Ao mesmo tempo, a produção dos grandes pedidos, em lotes, seguirá sendo feita por empresas parceiras do Vale do Sinos", explica Ricardo.

A fábrica própria da Larroudé em Sapiranga começou sua operação com 28 colaboradores diretos. Nas próximas seis semanas, mais 20 profissionais serão incorporados à força de trabalho da empresa. "Em dois meses, nossa meta é produzirmos ao menos 29 mil pares, para alcançarmos uma média mensal de 15 mil pares", sustenta o CEO da grife.

Marina observa que a escolha da marca por instalar sua primeira fábrica própria em Sapiranga foi pela cidade já concentrar toda a sua estrutura de desenvolvimento. "Nossos produtos são desenvolvidos aqui e, além disso, existe uma mão de obra superqualificada que já está acostumada e tem muita expertise no trabalho com calçados de alto valor agregado destinados à exportação", comenta.

A fábrica própria é considerada pela companhia como ponto-chave e estratégica para alcançar a meta de chegar aos 2 milhões de pares produzidos ao ano - atualmente, a empresa produz 150 mil pares por ano. "Nossa estrutura física em Sapiranga, com um pé direito alto, permite que possamos aumentar a empresa de forma vertical, podendo assim alcançarmos aqui uma produção média anual de até 400 mil pares", analisa Ricardo.

Foto: Michel Pozzebon/GES-Especial.
Michel Pozzebon/GES-Especial
Brand foi criada pelo casal Marina e Ricardo Larroudé em 2020

Uma fábrica modelo

A unidade produtiva própria da Larroudé em Sapiranga é classificada pela empresa como uma fábrica modelo. Segundo Ricardo, além de incrementar a produção da companhia, a estrutura servirá também para aperfeiçoar os processos das empresas parceiras da grife nova-iorquina. “O que vamos fazer aqui em Sapiranga é tomar conta do nosso próprio destino em desenvolvimento, ter muita velocidade e muita exclusividade. Será tudo ‘in house’, e com as metodologias, materiais e produtos que desenvolvermos na prática em nossa fábrica própria replicaremos estes métodos e modelos de trabalho no processo produtivo de nossos parceiros”, comenta o CEO da Larroudé.

Foto: Divulgação.
Divulgação
Além de incrementar a produção, fábrica servirá para aperfeiçoar os processos das emrpesas parceiras da grife

Sola com cinco milímetros mais larga

Marina e Ricardo queriam criar o sapato perfeito, fabricado com materiais de alta qualidade, que possibilitasse o uso do dia à noite sem incômodos e com estilo incomparável. Para tanto, desenvolveram, além de peças de alto padrão carregadas de design contemporâneo, um sapato com uma sola cinco milímetros mais larga que qualquer outra do mercado. Na palmilha, uma espuma especial, denominada por eles de Larroudé Cloud, feita de memory foam, uma espuma viscoelástica de alta densidade, imprime conforto e uma memória do formato do pé de quem está calçando os sapatos, proporcionando a sensação de “andar nas nuvens”. Todos os materiais utilizados na produção dos sapatos são os equivalentes aos utilizados pelas melhores marcas europeias. Os veludos, inclusive, são importados diretamente da Itália. E tudo isso para preencher um nicho de mercado para quem procura produtos de moda de alta qualidade com preços mais acessíveis quando comparados a outras grifes de luxo – os sapatos Larroudé são vendidos em valores entre US$ 300 e US$ 650 dólares o par.

Atualmente, os calçados da Larroudé são exportados para Estados Unidos, Europa, Ásia, Oriente Médio e Austrália e vendidas tanto no e-commerce próprio, no endereço larroude.com, como em renomadas lojas multimarcas, como Nordstrom, Saks, Bloomingdale’s, Anthropology, Revolve, Shopbop, Amazon Luxury, Galeries Lafayette (Paris), Browns (Londres), Joyce (Honk Kong) – são, aproximadamente, 50 pontos de vendas físicos, além do site, que leva a marca ao mundo todo.

União de experiências

Para criar a Larroudé, Ricardo Larroudé entrou com sua experiência no mercado de administração e finanças. “Como investidor, tive que aprender constantemente sobre novos setores. Ao acompanhar a indústria da moda desde o seu núcleo por mais de duas décadas, aprendi que o principal fator para o sucesso a longo prazo vem de uma combinação equilibrada de grandes criativos e sólidos facilitadores de negócios. Na Larroudé, estamos construindo cuidadosamente uma empresa que alinha os dois lados dessa equação para o sucesso a longo prazo”, resume.

Já Marina Larroudé vem de uma trajetória de duas décadas na moda internacional, tendo trabalhado oito anos no mercado editorial, no portal Style.com (descontinuado em 2017) e na revista Teen Vogue, e como diretora da Barneys, loja de departamentos de luxo de Nova York. “Com todos os meus anos no setor, sempre admirei o bom design e a qualidade diferenciada dos produtos. Quando começamos a conceituar a marca, meu desejo era levar esse conhecimento da moda para mais mulheres. Pensando no cliente, pensamos em todos os detalhes, passamos horas selecionando os tons perfeitos de “nude”, a largura de uma alça individual, o desenho manual de nossas estampas... E toda a coleção é feita à mão”, conclui.

Criações com design gaúcho

Um dos sócios de Marina e Ricardo na Larroudé, Gabriel Bolzan Vargas, head designer da grife e que é natural de Sapiranga, conquistou, em 2021, o Footwear News Achievement Awards (FNAA), prêmio considerado o “Oscar do Sapato” e que é entregue em Nova York, nos Estados Unidos.

A designer gaúcha Luisa Cavalett Giusti desenhou a bolsa modelo Erin da Larroudé, que foi utilizada, em junho de 2021, pela primeira-dama dos Estados Unidos, Jill Biden, quando visitou a rainha Elizabeth II, no Castelo de Windsor, na Inglattera.

Os calçados da Larroudé já foram utilizados por diversas celebridades, entre elas estão as atrizes Vanessa Hudgens e Kelsey Scott, e a escritora de bestseller Elizabeth Holmes.

VÍDEO

+ VEJA MAIS

AGENDA

+ VEJA MAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cadastre seu e-mail para receber as novidades do Exclusivo.

Seu email foi cadastrado com sucesso.