Pharrell Williams estreia como diretor criativo da Louis Vuitton

22.06.2023 - Michel Pozzebon

O cantor e estilista norte-americano Pharrell Williams estreiou nesta semana como diretor criativo da linha masculina da Louis Vuitton. As primeiras criações de Pharrell para a grife francesa de artigos de luxo foram apresentadas em um desfile, na terça-feira (20), durante a Semana de Moda Masculina, em Paris, na França.

Foto: Divulgação.
Divulgação
Pharrell Williams

Pharrell substitui o estilista americano Virgil Abloh, que morreu em 2021, aos 41 anos, em decorrência de um câncer. Virgil foi o primeiro diretor criativo negro do grupo LVMH. Em 2013, fundou a Off-White, grife de streetwear de luxo, e, em 2018, assumiu a linha masculina da Louis Vuitton.

Foto: Divulgação.
Divulgação
Primeira coleção de Pharrell Williams para a Louis Vuitton

Polêmica

O convite para Pharrell ser diretor criativo da Louis Vuitton ocorreu em fevereiro e gerou polêmica. À edição britânica da revista Vogue, diante de questionamentos se ele seria capacitado para o cargo, o artista afirmou: "Não fui ao Central Saint Martins (considerada uma das melhores faculdade de moda do mundo). Mas, você sabe, eu não fui para a Juilliard (renomada escola nova-iorquina de artes performáticas). E eu fiz tudo certo. Como negros neste planeta estamos acostumados com isso, nos dizendo o que você pode ou não fazer.”

Parceria anterior

Esta não é a primeira vez que a parceria entre a Louis Vuitton e Pharrell Williams ocorre. Em 2004, Marc Jacobs – diretor criativo na época – convidou o artista para criar uma coleção de óculos.

Currículo no mundo da moda

Em 2014, Pharrell se uniu à Uniqlo para a comemoração de 12 anos da marca. O artista criou uma edição limitada de camisetas com o nome “I Am Other”.

Já em 2015, ele lançou a coleção “Polka Dots Big” com a Adidas. Além de blusas, a coleção incluía o tênis Stan Smith, e ficou bem famosa no meio fashionista.

Dois anos depois, em uma collab do artista com a Adidas e a Chanel, foi lançada coleção limitada de 500 pares de Stan Smith, que continha as letras da logo da Chanel formando o nome do cantor.

Há três anos, ele também foi convidado para uma colaboração pela Moncler. Na época, ele lançou uma coleção-cápsula para o inverno, e apresentou uma releitura da icônica jaqueta puffer Moncler.

VÍDEO

+ VEJA MAIS

AGENDA

+ VEJA MAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cadastre seu e-mail para receber as novidades do Exclusivo.

Seu email foi cadastrado com sucesso.