Inspiramais promove a sustentabilidade na indústria

04.06.2019 - Redação Jornal Exclusivo

Foto: Divulgação
Eco-friendly: projeto incentiva o trabalho artesanal e ecológico
Nesta terça feira, dia 4, começa o Inspiramais, o maior salão de design da América Latina. No Centro de Eventos Pro Magno, em São Paulo/SP, o evento comemora 10 anos lançando as tendências que norteiam a moda para o inverno 2020, nos setores de calçados, acessórios, confecções, jóias, têxtil e moveleiro. A expectativa é de que 7 mil visitantes participem da mostra, que ocorre até quarta-feira, dia 5.

Dois dos projetos apresentados no Inspiramais terão o seu foco nos princípios de inovação em design e tecnologia. O Inovamais e o Conexão Criativa e Comercial 2020_II buscam envolver toda a indústria e criar uma moda autêntica que valorize a identidade nacional. Ambas as iniciativas são realizadas pela Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). A curadoria dos trabalhos é da designer Flavia Vanelli, do Núcleo de Design do Inspiramais. Ela explica que o panorama atual revela um mercado de moda em movimento constante. “O Inspiramais apresenta lançamentos que apontam novas perspectivas e vantagens competitivas para todo o sistema e sólidas oportunidades para desenvolver negócios”, afirma.

Conexão Criativa e Comercial

Este trabalho incentiva e apoia alternativas para a oxigenação do mercado, e estimula uma nova geração de valores que combinem a sustentabilidade, a pluralidade e a tecnologia com o trabalho artesanal. Isso traz como resultados componentes originais de abordagem responsável. Participam do projeto 24 empresas de todo o país, que são organizações que se destacaram em um processo de inscrição com chamada pública.

Foto: Divulgação
Inovamais promove componentes para a indústria da moda
Inovamais

O projeto Inovamais tem a função de promover o desenvolvimento de materiais arrojados que impulsionam a competitividade e o desenvolvimento da indústria de moda. Este espaço contemplará negócios diversificados, tais como a tecnologia de demarcação ultravioleta, inovação em compósitos, serviços de prototipagem final do calçado, aditivos para a melhoria de materiais, tecidos funcionais, entre outras soluções.

Confira as empresas participantes do projeto e o que fabricam

ARTECO (Sacramento/MG)

Acessórios e bolsas com upcycling.

Biotecam (Rio de Janeiro/RJ)

Biotecido produzido do cultivo das bactérias do gênero Acetobacter, composto de trama densa de fibras de celulose nanocristalina.

Cerra D’ouro Biojoias (Lagoa Santa/MG)

Joias botânicas artesanais, oriundas das flores do Cerrado de Minas Gerais.

CompoEco (Igrejinha/RS)

Palmilhas, contrafortes, displays, couraças e embalagens a partir de resíduos de empresas de calçados e da coleta seletiva.

Cooperativa de Produção dos Ecoextrativistas da Amazônia COOPERECO (Castanhal/PA)

Solados de látex.

Cores da Mata Biojoias (Rio Branco/AC)

Aviamentos e produtos com semente e materiais naturais.

Da Tribu (Belém/PA)

Aviamentos e produtos utilizados em papel com fibras de curauá.

Das Catarinas Brazil (Joinville/SC)

Peças moldadas a mão em forma de espirais, com rolinhos de tecido excedentes de malha de algodão.

Estúdio RatoRói (Jaraguá do Sul/SC)

Desenvolve superfícies com materiais reciclados vindos da recuperação de sacolas e embalagens plásticas.

Flor Silva (Manaus/AM)

Alças, cabedais, acessórios e fivelas sustentáveis, produzidas com madeira, sementes, fio de tucum e tingidas com ervas da Amazônia.

Grupo Anna Banana (São Francisco do Sul/SC)

Fios e tecidos de fibra de bananeira.

Grupo Canoa (Canoas/RS)

Enfeites reaproveitadas de náilon e borracha.

Grupo Itambé Artes (Praia Grande/SC)

Componentes com fibra de taboa e técnicas manuais.

Ipadma (Três Coroas/RS)

Calçados veganos.

Luciano Pinheiro Design (São Paulo/SP)

Aviamentos e tecidos naturais com tingimento vegetal.

Maria Tangerina (São João da Boa Vista/SP)

Bolsas sustentáveis.

Nós Mais Eu (São Paulo/SP)

Aviamentos e acessórios feitos com ourela de tecidos, cordas de algodão, pedras naturais e pingentes em cerâmica, sem o uso de metais.

Palhas Fashion (Birigui/SP)

Tramas, aviamentos e trançados feitos de palha de milho, fibras naturais, folhas e sementes.

Piracaianas (São Paulo/SP)

Utiliza matéria-prima residual e agroartesanal.

Plantae (Praia Grande/SC)

Produtos com técnicas manuais e fibras naturais.

Recoffee Design (Ribeirão Preto/SP)

Superfícies sustentáveis com borra de café e aglutinantes naturais.

SAGUI (São Paulo/SP)

Óculos sustentáveis.

Trammô Acessórios Artesanais (Bombinhas/SC)

Enfeites com macramê.

VITA Upcycling (Orlândia/SP)

Texturas têxteis para produzir acessórios com resíduos da confecção.

VÍDEO

+ VEJA MAIS

AGENDA

+ VEJA MAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cadastre seu e-mail para receber as novidades do Exclusivo.