Compras combinadas para completar o look

28.05.2019 - Ruan Nascimento / Jornal Exclusivo

Foto: Ruan Nascimento/GES Especial
Sandálias da linha Ocean Charms combinam com pulseiras
O público consumidor está cada vez mais atento à moda, almejando produtos que possuam valor agregado ou que incluam itens complementares. Esta busca se tornou uma real necessidade do varejo: é preciso focar mais em compras casadas, a fim de que o cliente consiga compor seu look, por exemplo, com peças de uma mesma linha. E, consequentemente, esta exigência chegou também aos fabricantes de calçados e acessórios.

Algumas empresas que estiveram no 28º Salão Internacional do Couro e do Calçado (SICC), de 20 a 22 de maio, em Gramado/RS, trouxeram à feira os combos. Nele, o lojista pôde adquirir dois ou mais produtos diferentes de uma mesma linha, para assim permitir uma experiência diferenciada ao consumidor final já a partir das vitrines.
Uma das marcas que apostou na combinação de peças foi a Vicenza (Igrejinha/RS). Eles trouxeram à feira a sandália Ariella, que será o grande destaque da marca para a Primavera/Verão 2020, com a coleção Ocean Charms. Na compra dos calçados, nas cores prata, dourado e rosa, a cliente recebe uma pulseira com elementos marítimos e referências aos anos 90.

O gerente de marketing da companhia, Fábio Vogt, ressalta que a Vicenza sempre busca confeccionar calçados que permitam uma experiência ao consumidor. “Quem comprou estes produtos em determinada quantidade na feira, ganhou também um evento estruturado da Vicenza em sua loja, para que o lojista atraia muitas clientes para adquirir os nossos produtos”, comenta, ao lembrar também que as novidades combinadas estiveram com altas vendas no SICC.

Foto: Ruan Nascimento/GES Especial
Bem Amada harmoniza suas estampas em calçados e bolsas
Otimização de Vitrine

A Bem Amada (Novo Hamburgo/RS) fabrica sandálias de borracha e bolsas de PVC, e faz produtos combinados para o lojista otimizar a sua vitrine. A diretora da empresa, Angela Passos, ressalta que estes combos são opcionais para o comprador. “O conceito do combo está na linha que produzimos. Ou seja, fazemos um chinelo ou uma sandália com uma determinada estampa, e assim criamos uma bolsa com design semelhante. E os nossos clientes gostam disso pois podem criar sugestões de looks para as suas consumidoras”, explica.

Angela acrescenta que estes produtos contam com um grande número de vendas. Em cinco anos de operações, hoje a Bem Amada exporta para 15 países. “Confeccionamos tudo com alto valor agregado, e com grande qualidade. Proporcionamos todo um cuidado para que a cliente compre um bom produto, de maior custo benefício”, destaca.

Foto: Ruan Nascimento/GES Especial
WJ Acessórios apresenta linhas de mochilas, bolsas e carteiras
Maior volume de negócios

Fabricante de carteiras, bolsas e mochilas, a WJ Acessórios (Brusque/SC) lida com famílias de produtos, utilizando cores, texturas e detalhes semelhantes em cada peça. O gerente comercial da empresa, Nilson Kascher, destaca que a venda específica do combo não é feita, mas que oferece a opção para o cliente combinar. “O cliente pode adquirir uma bolsa média e uma grande, ou uma bolsa mais uma carteira, por exemplo. Tudo o que ele adquirir será conforme o seu gosto ou ao gosto dos consumidores finais”, explica.

Mesmo não realizando a venda dos combos, Kascher ressalta que 70% dos clientes fazem pedidos de produtos que combinem. “E isso é independente de estarmos em uma feira ou não. O cliente sabe que isso agrega à sua vitrine, então ele automaticamente já faz essa opção de compra. E para nós é muito vantajoso”, acrescenta.

Foto: Ruan Nascimento/GES Especial
Kesttou traz calçados e acessórios para o lojista obter mais peças
Vendas casadas para o consumidor final

Com três anos no mercado, a Kesttou (Criciúma/SC) trouxe na feira as sugestões de looks. O DNA da empresa está nas botas de borracha, mas a companhia também fabrica bolsas, sandálias, capas de chuva e guarda-chuvas, em borracha ou PVC. O gerente comercial, Fabio Kuschel, comenta que, ao longo do SICC, a empresa trouxe os combos como forma de o lojista agregar mais de um produto. “Nós sugerimos ao cliente a composição de itens que conversam, como uma bolsa, mais um calçado e um acessório. Isso agrega para ele, pois na hora que a consumidora chegar na loja, pode adquirir mais de um item”, comenta.

E como resultado desta combinação de peças, a Kesttou obteve boas vendas durante os três dias da mostra. “Fizemos muitos contatos e tivemos um bom número de vendas. O cliente se agrada pelas nossas linhas e os produtos combinados. O SICC foi muito bom para nós”, comemora Kuschel.

VÍDEO

+ VEJA MAIS

AGENDA

+ VEJA MAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cadastre seu e-mail para receber as novidades do Exclusivo.