Inspiramais estimula design nacional em SP

15.04.2019 - Ruan Nascimento/ Redação Jornal Exclusivo

Foto: Divulgação
Pelo projeto, participarão 26 empresas durante a feira
A próxima edição do Inspiramais, nos dias 4 e 5 de junho, no Centro de Eventos Pró-Magno, em São Paulo/SP, contará com a realização do projeto Conexão Criativa e Comercial. Ele é organizado pela Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). "A parceria é no sentido de buscar e facilitar que as micro e pequenas empresas que tenham material diferenciado, identificadas e selecionadas através de edital, possam oferecer o que fabricam para empresas de produtos finais", explica a superintendente da Assintecal, Ilse Guimarães.

O foco também está na busca pelo desenvovimento de peças em design e moda, focados na criação de componentes que visam trazer a diversidade e a riqueza do desgin brasileiro, bem como o trabalho feito à mão.

Por meio do programa, microempreendedores individuais (MEI), micro e pequenas empresas podem participar, através da inscrição de seus materiais nos segmentos de calçados, confecções, bijuterias e acessórios.

Os selecionados participam de uma exposição exclusiva no Inspiramais, principal salão de design e inovação de componentes na América Latina. "Lá, estes escolhidos serão acompanhados por uma consultoria, que vai identificar os interesses e possíveis modificações", comenta Ilse. Para esta seleção, está sendo feita uma curadoria com profissionais do mercado, para a adequação dos produtos conforme às referências indicadas por pesquisas do Núcleo de Design do Inspiramais.

Parceria da Assintecal com o Sebrae

Ilse pontua que esta aproximação da Assintecal com o Sebrae se deu no momento em que houve a identificação pela busca por materiais diferenciados e, principalmente, naturais. As duas entidades assinaram um convênio com a renovação deste acordo até setembro deste ano.

A superintendente cita dois benefícios para as empresas integrantes do projeto. "Uma parte é a comercial, pois (as empresas) podem oferecer os produtos para possíveis compradores e assim adquirirem mais competitividade. O outro é poderem verificar a aceitação e quais melhorias e modernizações podem ser feitas".

VÍDEO

+ VEJA MAIS

AGENDA

+ VEJA MAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cadastre seu e-mail para receber as novidades do Exclusivo.