Calvin Klein encerra linha de coleções de luxo

08.03.2019 - Redação Jornal Exclusivo

Foto: Getty Images
Desfile da grife na Semana de Moda de Nova York
A grife americana Calvin Klein decidiu encerrar a categoria de ready-to-wear. A marca, pertencente à empresa PVH, pretendia relançar a linha de coleções de luxo após a saída de Raf Simons, que deixou a direção criativa da label em dezembro. No entanto, resolveu encerrá-la de vez.

A linha de coleções de luxo, renomeada por Simons para 205W39NYC (antiga Calvin Klein Collection), tinha uma abordagem mais conceitual e era apresentada durante a Semana de Moda de Nova York.

O foco agora será as linhas mais tradicionais, como jeans e roupas íntimas, que são produzidas por terceiros licenciados.

Reflexos

A decisão acarretará a demissão de 100 funcionários nos escritórios da marca em Nova York e Milão – este último pode ser fechado por completo, de acordo com os planos. A presidente da linha 205W39NYC, Michele Kessler-Sanders, ficará no posto até junho. Já o CEO da Calvin Klein Inc, Steve Shiffman, permanece no cargo.

Reestruturação

Todas as movimentações fazem parte da nova estratégia de reestruturação. Antes mesmo da saída de Raf Simons, a marca anunciou que as plataformas digitais teriam prioridade no setor de marketing, com implementações inovadoras. A grife ainda procura um novo diretor criativo para supervisionar as demais categorias de design, além do merchandising.

VÍDEO

+ VEJA MAIS

AGENDA

+ VEJA MAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cadastre seu e-mail para receber as novidades do Exclusivo.