Fimec apresenta novidades para sua 42ª edição

30.01.2018 - Redação Jornal Exclusivo

Foto: Divulgação
Fábrica Conceito surge repaginada e em um novo local
Os preparativos para a 42ª Fimec estão acelerados. O evento, que ocorre de 6 a 8 de março, na Fenac, em Novo Hamburgo/RS, traz novidades que prometem encantar os visitantes. Entre os destaques, está a 9ª edição da Fábrica Conceito, apresentada pelo IBTeC, Fenac e Coelho Assessoria Empresarial. Neste ano, a iniciativa ganha espaço nobre – na entrada da mostra. Em recente coletiva de imprensa, o diretor-presidente da Fenac, Márcio Jung, afirmou que a ação “saiu da garagem e foi para a sala.”

Com o tema “Tecnologia da informação a serviço da indústria calçadista”, a Fábrica reunirá 70 empresas, 90 máquinas e 70 profissionais. O presidente-executivo do IBTeC, Paulo Griebler, ressaltou a relevância de projetos como este. Já Luís Coelho, da Coelho Assessoria Empresarial, salientou que, todo ano, a iniciativa busca se superar. “É importante citar as inovações, além do viés social e ambiental, já que os 3 mil pares produzidos serão doados a instituições beneficentes e os resíduos, reaproveitados”, comenta. Segundo ele, cerca de 40 operadores são desempregados.

Apoio da Abicalçados

O presidente-executivo da Abicalçados, Heitor Klein, frisa a importância da união das entidades do segmento. “Vivemos um tempo dramático, no qual estamos cada vez mais expostos à concorrência internacional. Precisamos de propostas intramuros para aumentar nossa competitividade e criar condições para desenvolver o setor”, disse.

Apresentando o Sistema de Operação Logísticas Automatizadas (Sola), que será demonstrado na Fábrica Conceito, o consultor Igor Hoelscher afirmou que não adianta ter o melhor produto se ele não chegar no tempo certo ao consumidor. “Precisamos estar atentos à qualidade dos dados e aos processos que possam padronizar essa comunicação desde o fornecedor até o varejo”, comentou. Segundo ele, o Sola promove justamente isso: qualificação e agilidade na comunicação. “Mostraremos como o sistema de RFID pode auxiliar a cadeia calçadista na missão de identificar os volumes dentro e fora da fábrica, com a rastreabilidade total das operações”, contou o consultor. Todo o processo poderá ser acompanhado, em tempo real, em painéis instalados na feira e por meio de aplicativo em smartphones.

Linhas de produção

A Fábrica Conceito terá quatro linhas de produção, de onde sairão nove modelos – duas sapatilhas, quatro escarpins, uma bota feminina e dois sapatênis masculinos. Os produtos femininos serão assinados pela Ramarim (Nova Hartz/RS) e os masculinas, pela Kildare (Novo Hamburgo/RS). Uma das linhas será operada por alunos do Senai de Novo Hamburgo/RS. “Para nós, isso é muito importante, pois é uma forma de demonstrar a qualidade da formação profissional e auxiliar na inserção destes jovens no mercado de trabalho”, apontou a diretora, Arlete Accurso. Em uma segunda linha, o destaque será a automação. Outras duas serão montadas em um trilho de transporte, produzindo, ao mesmo tempo, um calçado masculino no sistema ensacado e um escarpim no sistema montado. “Este é um dos nossos desafios, pois este formato não é comum nas indústrias. Nossa meta é mostrar que isso é possível”, disse o coordenador Técnico do IBTeC, Paulo Model.

VÍDEO

+ VEJA MAIS

AGENDA

+ VEJA MAIS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cadastre seu e-mail para receber as novidades do Exclusivo.